Pesquisa
 

Monopólio

Da Thinkfn

Em economia, monopólio (do grego monos, um + polein, vender) é como se denomina uma situação de concorrência imperfeita, em que uma empresa detém o mercado de um determinado produto ou serviço, impondo preços aos que o comercializam.

Monopólios podem surgir devido a características particulares de mercado, ou devido a regulamentação governamental, o monopólio coercivo, e criam uma particularidade económica, em que a curva de procura do bem fica negativamente inclinada, na medida em que a procura da firma e a procura do mercado são as mesmas.

Índice

Teoria do Monopólio

Monopólio existe quando há somente um vendedor no mercado para um bem sem substituto e há barreiras à entrada de empresas que tencionem vender o mesmo bem ou um bem substituto, protegendo o monopolista da concorrência. Tal como no caso de concorrência perfeita os exemplos de monopólio na sua forma pura são raros, mas a teoria do monopólio elucida o comportamento de empresas que se aproximam de condições de monopólio puro. Ter o poder de monopólio significa simplesmente o vendedor ter algum controle sobre o preço do produto, sem uma curva de oferta.

A fonte básica de monopólio é a presença de barreiras de entrada, de onde se destacam:

  • Economias de escala: Empresas novas tendem a entrar em mercados a níveis de produção menores do que empresas estabelecidas. Se a indústria é caracterizada por economias de escala (custos médios decrescem com o aumento no volume de produção), os custos médios da empresa nova serão mais altos do que os custos médios de uma empresa estabelecida.
  • Proteção Legal: Protecções legais, como direitos de autor e patentes, garantem ao detentor exclusividade no mercado. As leis das patentes nos EUA permitem a um inventor o direito de usar a invenção por um período de 17 anos, período no qual o dono da patente está protegido da concorrência.
  • Propriedade exclusiva de matéria-prima: Empresas estabelecidas podem estar protegidas da entrada de novas empresas pelo seu controle das matérias-primas ou de outros recursos-chaves para a produção.
  • lobby político: Por influência política surgem as condições de um monopólio.

Monopólio Natural

O monopólio natural é uma situação de mercado em que os custos fixos são muito elevados e os variáveis ou custos marginais são muito próximos de zero. Caracterizados também por serem bens exclusivos e com muito pouca ou nenhuma rivalidade.

Esses mercados são geralmente regulamentados pelos governos e possuem prazos de retorno muito grandes, por isso funcionam melhor quando bem protegidos.

TV cabo, distribuição de energia elétrica, sistemas telefónicos, são exemplos caracteristicos de monopólios naturais.

Oligopólio

O oligopólio é uma situação de mercados concentrados, na qual a produção se concentra num pequeno número de firmas. No oligopólio também existem barreiras à entrada de potenciais concorrentes, mas as acções entre as empresas não são necessariamente coordenadas. Quando há algum tipo de acerto referente aos preços que serão praticados, o oligopólio caracteriza-se como um cartel.

Governos e Monopólios

Os governos desempenham dois papéis distintos em relação aos monopólios.

O primeiro, de combate, através de políticas antitrust e regulação desses mercados para evitar abusos, como os cartéis.

O segundo, que caracteriza os monopólios coercivos, é quando o governo garante os direitos de propriedade, direitos de autor e patentes, criando monopólios legais.


Smallwikipedialogo.png

Esta página usa conteúdo da Wikipedia. O artigo original estava em Monopólio. Tal como o Think Finance neste artigo, o texto da Wikipedia está disponível segundo a GNU Free Documentation License.