Turbo Stop-Loss Warrants sobre Petróleo, como funcionam

Da Thinkfn

Tenho andado a observar que gostam muito dos tópicos sobre o petróleo e noto algum estudo muito aprofundado sobre este assunto por parte de alguns intrevenientes merecedoras de teses de mestrado muito interessantes (não é Ming).

Face a este interesse venho só demonstrar o modo de funcionamento dos turbo stop-loss warrants sobre o futuro do sweet light crude oil, que grande nome:

  • Turbo, porque tem um delta de aproximadamente 1 e que se traduz numa variação de 0.01 no warrant por cada 0,10 USD no futuro e com uma alavancagem que pode chegar a 20 vezes.
  • Stop-loss porque contrariamente aos turbo warrants e face à elevada volatilidade deste activo os Market-Maker não pretendem que o capital investido do seu cliente chegue a zero, colocando um stop-loss de cerca de 2USD acima do preço de exercicio.
  • Warrant porque é uma opção que dá ao detentor do warrant, o direito mas não a obrigação de comprar (call) ou vender (put) determinado activo subjacente, a um determinado preço de referência (preço de exercicio ou strike) e numa data previamente fixada. Como se trata de um turbo este direito perde-se automaticamente quando toca na Barreira Knock-Out.
  • O risco cambial associado ao contrato de futuro do sweet crude oil, não existe neste warrant pois é "quanto", ou seja, quem investir neste warrant apenas está sujeito às variações do activo subjacente e não da moeda do subjacente.
  • É um instrumento de especulação no curto prazo


Exemplo prático

Activo Subjacente Light Sweet Crude Oil Future July 2005

Warrant KB032 podem acompanhar a cotação no site www.OPEX.pt

Tipo Call

Preço de exercicio 46 USD

Barreira K.O. 48 USD

Maturidade 17-06-2005

Paridade 1/10

Valor do Futuro do Crude 49,2

Valor Intrinseco do Warrant = Max (Preço Futuro-Preço Exercicio) x Paridade

= Max (49,2 - 46) * 0,1

= 0,32 €


Valor do Warrant 0,32 € - 0,35 €

O ganho do Market maker é o spread com que cota.

Atenção, não comprem warrants perto do Knock-Out pois caso estoire e segundo o que tive a ver na ficha técnica, o valor de referência que conta caso toque na Barreira KO é o minimo do Futuro feito nas 3 horas seguintes a ter atingido a Barreira isso na minha opinião é um grande pau do MM por isso aconselho que escolham warrants deep-in-the-money para minimizarem o risco de isto acontecer.

Espero ter contribuido com este tópico, aconselho-os ainda a consultarem as fichas técnicas em http://www.millenniumbcp.pt Bolsa/warrants, em http://www.opex.pt ou http://www.euronext.pt, também podem solicitar informação para o mail [email protected]


Autor

Ovos Moles, em 25/5/2005