Pesquisa
 

Gestão de recursos humanos

Da Thinkfn

A Gestão de recursos humanos (RH) é um conjunto de métodos, políticas, técnicas e práticas definidas com o objectivo de orientar o comportamento humano e as relações humanas de forma a maximizar o potencial do capital humano no ambiente de trabalho.

Índice

Componentes

A gestão de recursos humanos divide-se em várias partes:

  • Sistema Agregar - Provisão de recursos humanos
    • Recrutamento;
    • Selecção
  • Sistema Aplicar - Aplicação de Recursos Humanos
    • Integração;
    • Desenho e análise de cargos
  • Sistema Desenvolver - Desenvolvimento de Recursos Humanos
    • Treino;
    • Desenvolvimento organizacional
  • Sistema Manter - Manutenção de Recursos Humanos
    • Benefícios sociais;
    • Relações laborais
  • Sistema Monitorar - Monitoração de Recursos Humanos

Levando em consideração que ocorrem mudanças a todo o momento, as organização precisam ter estratégias claras, sustentadas por uma gestão participativa. Deve-se criar um laço estreito entre todos os niveis de relacionamento, tanto interno como externo, dos quadro funcionais até aos clientes e fornecedores.

As duas formas principais de modelos de sucesso actualmente são a gestão por competências e o desenvolvimento de liderança.

Gestão por competências

Através do modelo de gestão por competências, devem-se praticar acções de gestão como:

  • Conscientização de que cada tipo de organização necessita de pessoas com perfis específicos e que cada posto de trabalho existente na empresa tem características próprias e deve ser ocupado por profissionais que apresentem um determinado perfil de competências.
  • Reconhecimento de que aqueles que ocupam funções de liderança são responsáveis pela oferta de oportunidades que permitam o desenvolvimento e a aquisição de novas competências.
  • Crença de que sempre existirá a procura para o desenvolvimento de novas competências e o que hoje é exigido para a boa execução de um trabalho, poderá agregar novas exigências amanhã.

Desenvolvimento de Liderança

O objectivo primário da delegação é conseguir que o trabalho seja feito por outra pessoa. Não apenas tarefas simples como ler instruções e girar uma alavanca, mas também tomada de decisão e mudanças que dependem de novas informações. Com delegação, seu pessoal tem a autoridade para reagir a situações sem ter que consulta-lo a todo instante.

A arte de saber delegar é cada vez mais uma necessidade dentro de uma organização, nomeadamente no que se refere à sua gestão. Abaixo temos um comparativo do antigo modelo de liderança e do modelo actual, mais próximo e mais participativo com as actividades de toda a sua equipe.

Delegação é, fundamentalmente, confiar a sua autoridade a outros. Isto significa que eles podem agir e tomar iniciativas independentes; e que eles assumem responsabilidade para com você na realização das tarefas. Se algo acontecer de errado, você também é responsável uma vez que você é o gerente; o truque é delegar de tal modo que coisas sejam feitas mas não dêem errado.

Para habilitar outra pessoa para fazer o trabalho por você, você deve assegurar:

  • que a pessoa sabe o que você quer.
  • que a pessoa tem a autoridade para o fazer.
  • que a pessoa sabe como o fazer.

Esses três factores dependem de se comunicar claramente a natureza da tarefa, a extensão da sua descrição, e as fontes de informações e conhecimento relevantes.

Um novo Modelo de Liderança

Anteriormente

  • Ser um chefe
  • Controlar as pessoas
  • Centralizar a autoridade
  • Estabelecimento de objectivos
  • Dirigir com regras e regulamentos
  • Confrontar e combater
  • Mudar por necessidade e crise
  • Ter um enfoque no eu e o meu departamento

O Futuro Líder

  • Ser um treinador e facilitador
  • Empowerment
  • Distribuir a liderança
  • Conciliar visão e estratégia
  • Guiar com valores compartilhados
  • Colaborar e unificar
  • Ter um enfoque mais amplo
  • Ter um enfoque na minha empresa

Papel estratégico do novo líder

Mercado estável

As empresas

  • Abordagem de linha de montagem a respeito da estratégia
  • Maximizam controle interno e ordem
  • Protegem-se contra a variação auditoria e disciplina
  • Têm lutas de poder entre níveis e unidades

Papel do líder

  • Definir tácticas e definir o orçamento
  • Controlar o desempenho de indivíduos e atitudes
  • Tomar acção corretiva quando a conduta está fora do esperado
  • Tomar decisões consistentes com a estratégia geral da empresa

Mercado em constante mudança

As empresas

  • Abordagem de contingência a respeito da estratégia
  • Maximizam velocidade, flexibilidade e inovação
  • Protegem-se contra a obsolescência e ignorância
  • Tem altos níveis de comunicação, colaboração e inovação entre níveis

Papel do Líder

  • Interpretar a realidade emergente
  • Focalizar os recursos existentes de uma forma eficiente
  • Desenvolver e promover novas capacidades em resposta às mudanças
  • Facilitar criação, captação e disseminação de conhecimento

Todas estas habilidades expressam a importância na valorização do capital humano, possibilitando não somente o desenvolvimento de suas potencialidades, mas também a superação dos seus limites.

Ver também


Smallwikipedialogo.png

Esta página usa conteúdo da Wikipedia. O artigo original estava em Gestão de pessoas. Tal como o Think Finance neste artigo, o texto da Wikipedia está disponível segundo a GNU Free Documentation License.