Entrar / criar conta 

Pesquisa
 

Free float

Da Thinkfn

O Free float representa a quantidade de acções livres que existem cotadas em bolsa, ou seja, a fracção das acções emitidas que não se encontra fixa na mão de accionistas estáveis (normalmente, maioritários, mas nem sempre).

Por exemplo, na Sonae SGPS (SON) as acções controladas por Belmiro de Azevedo não fazem parte do free float, contando apenas as que estão dispersas em bolsa.

O termo destina-se a identificar o capital que pode, facilmente, mudar de mãos em bolsa. Durante a bolha tecnológica era prática comum cotar apenas uma pequena parte do capital no IPO (e portanto, criar um pequeno free float) para facilitar a subida astronómica das acções, obtendo depois um benefício superior nas emissões secundárias seguintes.

Também é comum grandes especuladores escolherem papéis com free floats pequenos para criar as suas especulações, isso porque esse facto facilita mover substancialmente as cotações.

Ver também