Entrar / criar conta 

Pesquisa
 

Diluição

Da Thinkfn

Diluição refere-se à emissão de novas acções de uma companhia, de forma a que as acções anteriormente existentes vêem diluídos os seus direitos à propriedade da empresa.

Ou seja, se o capital de uma empresa for representado por 100 acções, cada acção representa 1% do capital. Se essa empresa emitir mais 100 acções, então cada acção vê a sua propriedade diluída para 0.5% da empresa.

Índice

Origem

A diluição pode ocorrer fruto de:

Principais efeitos

Como o exercício de stock options ou a conversão de obrigações convertíveis leva à diluição dos accionistas existentes, regra geral os cálculos para efeito de diluição devem levar já em conta a existência dessas opções, sempre que elas estejam "In-the-money", e é mesmo conviniente para um investidor/especulador leva-las em conta mesmo se estiverem Out-of-the-money com preços de exercício superiores à cotação actual. Isto porque se o objectivo do investimento for ganhar com uma valorização da acção, essa subida poderá eventualmente esbarrar com a diluição provocada por instrumentos que antes estavam acima do seu preço de exercício.

Diluição dos resultados

O aumento do número de acções existentes de uma empresa, faz com que os resultados sejam divididos por um número maior de acções, o que significa que os mesmos resultados (ou resultados que crescem menos que o crescimento do número de acções), levam a um EPS menor.

Diluição da propriedade

O aumento do número de acções existentes de uma empresa, faz com que o mesmo número de acções detidas por um accionista controlem uma % menor da empresa do que controlavam antes. Esse accionista terá assim direito a uma % menor dos resultados distribuídos, e a uma % menor dos votos em Assembleia geral.

Ver também