Pesquisa
 

CAGR

Da Thinkfn

CAGR.PNG

A Compound Annual Growth Rate (CAGR), que em português significa taxa composta de crescimento anual, devolve a taxa de rentabilidade interna (não confundir com TIR) de uma sucessão de fluxos monetários. Dito de outra forma, mede a taxa composta média anual de crescimento de retorno de um investimento durante um determinado período de anos; portanto representa o ganho anual uniformizado obtido com um investimento durante um determinado horizonte temporal.

Índice

Fórmula de cálculo

A CAGR é calculada achando a raiz de N da percentagem total da taxa de crescimento, em que N é o número de anos no período existente.

  • CAGR=(Vf/Vi)(1/N)-1
Exemplo de cálculos do CAGR conforme calculadora para download.

Aplicações

  • Calcular os resultados médios de uma empresa
  • Calcular as vendas médias de uma empresa
  • Calcular os resultados médios de fundos de investimento, acções, etc..
  • Calcular estimativas futuros de vendas, resultados, etc.

Vantagens

  • Permite comparar e avaliar a performance uma empresa, fundos de investimento, acções com outras do mesmo sector;

Desvantagens

  • Devolve-nos uma medida baseada em dados históricos, o que não é garantia de resultados futuros;
  • Pressupõe que o investimento cresceu a uma taxa constante, quando na realidade os resultados podem variar nesse período de forma significativa devido à sua volatilidade;
  • É um indicador facilmente manipulável, principalmente na análise das empresa, uma vez que pode ser tomado o inicio do período mais favorável, já que o CAGR é muito sensível a esse valor;
  • Quando utilizado em estimativas futuras tem uma concepção imaginaria do negocio, uma vez que pressupõe uma taxa constante com na realidade esta pode ser volátil.

Ver também

Rácios de rentabilidade

Os rácios de rentabilidade medem a rentabilidade de uma empresa na sua operação.

Rácios de liquidez

Os rácios de liquidez medem a capacidade da empresa para fazer frente as suas obrigações financeiras de curto prazo.

Rácios de actividade

Os rácios de actividade medem a rapidez com que a firma converte activos não financeiros em activos financeiros.

Rácios de endividamento

Os rácios de endividamento medem a capacidade reembolsarem as dividas de longo prazo. Ou seja, medem a alavancarem financeira.

Rácios de mercado

Os rácios de mercado permitem combinar os dados contabilísticos da empresa com os dados do mercado de forma a obter dados sobre a sua capacidade de remunerar e criar valor para o accionista.

Downloads

FONTE

  • Viana, O. (2008). “Estudos no Mercado de Capitais.”; ATM|NYSE Euronext Lisbon; Porto